terça-feira, 6 de maio de 2014

Boeing entrega centésimo EA-18G Growler para a Marinha dos EUA

 Em nota sobre a cerimônia, a USN também destacou as capacidades do EA-18G Growler, criado a partir do F/A-18F Super Hornet Block II para substituir os jatos EA-6B Prowler, especialmente o fato de sua capacidade embarcada de ataque eletrônico combinar modernos avanços nos sistemas e armas para essa missão com a versatilidade tática, avanços e capacidades do Super Hornet Block II. O primeiro Growler foi aceito pela USN em 3 de agosto de 2006.
Com novas tecnologias como o interferidor de nova geração (Next Generation Jammer – NGJ), o EA-18G terá mais capacidades na arena de guerra eletrônica do que o antecessor EA-6B, já que no momento o Growler ainda utiliza os casulos (pods) interferidores ALQ-99 do Prowler. Espera-se que o novo interferidor substitua o antigo no início de 2020, com as vantagens de possuir antenas de varredura eletrônica ativa e um casulo mais leve e aerodinâmico, permitindo maior velocidade, letalidade e capacidade ao Growler.
Este 100º Growler (foto abaixo) apresentado na cerimônia deverá ser aceito na próxima semana no Esquadrão de Ataque Eletrônico (VAQ – Electronic Attack Squadron) 129 de Whidbey Island, Washington, antes de sua transferência para um esquadrão operacional da frota.

FONTE: Boeing

Nenhum comentário:

Postar um comentário