sexta-feira, 30 de maio de 2014

EUA adverte China após incidente em espaço aéreo

 O governo dos Estados Unidos advertiu nesta quinta-feira Pequim por sua atitude no espaço aéreo internacional, após caças chineses ameaçarem um avião de vigilância japonês sobre o Mar da China Oriental, zona de litígio entre China e Japão. “Qualquer tentativa de interferir com a liberdade de voo no espaço aéreo internacional aumenta a tensão e o risco de erros de avaliação, de confronto e de um incidente involuntário”, afirmou o departamento de Estado em um comunicado.
O Japão acusou a China de realizar “manobras perigosas” no sábado passado, quando um caça chinês passou a menos de 30 metros de um avião japonês de vigilância, repetindo um incidente semelhante. China e Japão disputam um arquipélago no Mar da China Oriental, território atualmente sob o controle de Tóquio.

Em novembro passado, a tensão aumentou quando Pequim declarou zona de defesa do espaço aéreo uma região próxima a outra zona similar adotada pelo governo japonês.

Fonte: AFP

Nenhum comentário:

Postar um comentário