quarta-feira, 14 de maio de 2014

GEIV será reequipado com aeronaves da Embraer

O Grupo Especial de Inspeção em Voo, subordinado ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo da Força Aérea Brasileira (FAB), deverá se reequipar com aeronaves da Embraer.

Extrato de Inexigibilidade de Licitação foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) na semana passada, informando um valor global de pouco mais de 662 milhões de reais para um contrato ratificado com a Embraer. A ratificação foi feita em 30 de abril, informando-se um total de três itens licitados, dentro de um processo que tem como objeto seis aeronaves para Inspeção em Voo.

O extrato publicado no Diário Oficial da União.

EXTRATO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO

Nº 8/2014 – UASG 1200006

Nº Processo: 67701027048201361 .

Objeto: Aquisição de 6 aeronaves de Inspeção em Voo

Total de Itens Licitados: 00003.

Fundamento Legal: Art. 25º, Caput da Lei nº 8.666 de 21/06/1993.

Justificativa: Dotar a Força Aérea Brasileira com uma aeronave de inspeção em voo com capacidade de homologar os auxílios à navegação

Declaração de Inexigibilidade em 28/04/2014. JOSE AUGUSTO CREPALDI AFFONSO. Ordenador Despesa Copac.

Ratificação em 30/04/2014. JUNITI SAITO. Comandante da Aerónautica.

Valor Global: R$ 662.261.166,02.

CNPJ CONTRATADA : 07.689.002/0001-89 EMBRAER S.A.
A imagem do alto (Agência Força Aérea, Sgt Batista) é de um dos jatos que equipam atualmente o GEIV, modelo Hawker 800XP, que na FAB tem a designação IU-93A (total de 4 unidades adquiridas no final da década de 1990).

O extrato acima não faz referência ao tipo de aeronave adquirido junto à Embraer, mas no último dia 7 a revista Asas publicou um “furo” de reportagem sobre contrato (assinado justamente em 30 de abril, segundo a revista) para aquisição de seis unidades do Embraer Legacy 500 para o GEIV, embora sem trazer informações sobre o valor do contrato.
As imagens logo acima (da Embraer) e abaixo são de aeronaves Legacy 500. A notícia foi dada pela revista Asas, que informou também que as entregas deverão se realizar em 2016, com aeronaves configuradas para inspeção em voo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário