sábado, 12 de julho de 2014

Embraer negocia venda de 60 aviões para China, diz Borges

  A Embraer está negociando a venda de até 60 aviões para empresas aéreas chinesas, afirmou em entrevista à Dow Jones o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges.

Borges não forneceu detalhes como o tipo de aeronave que será vendido ou quem são os compradores. A Embraer também não faz comentários sobre possíveis vendas, segundo uma porta-voz da empresa.

O ministro, porém, disse que os contratos serão assinados na próxima semana, durante visita oficial do presidente da China, Xi Jinping, a Brasília.

Os termos dos contratos ainda estão sendo definidos e podem ser alterados. Por enquanto, os acordos incluem uma ordem firme de 40 aviões por uma empresa chinesa e outra encomenda de dez aviões por uma segunda companhia aérea, que também deverá assinar uma opção para outras dez aeronaves, afirmou Borges.

A China é o maior mercado para as exportações do Brasil, mas a maioria das compras é composta por produtos básicos, como minério de ferro e soja. F

Fonte: Dow Jones Newswires.

Nenhum comentário:

Postar um comentário