segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Estados Unidos poderá receber A-29 Super Tucano já em setembro

  Segundo notícia publicada pela Força Aérea dos EUA (USAF) na sexta-feira, 22 de agosto, foi recentemente completada a análise para selecionar a base aérea que treinará pilotos e mecânicos afegãos na aeronave A-29 Super Tucano. Essas atividades serão realizadas na Base Aérea (AFB) de Moody, no estado da Geórgia – EUA. Outras candidatas eram Mountain Home, no Idaho, e Shaw, na Carolina do Sul.
  A base foi selecionada devido à disponibilidade do campo de pouso, espaço aéreo e instalações, assim como o custo global para iniciar o programa de treinamento conforme o cronograma. Moody vai abrigar 20 turboélices A-29, 17 instrutores da USAF e 24 pessoas da equipe de manutenção e apoio, que deverão treinar 30 pilotos e 90 mecânicos afegãos, ao longo dos próximos quatro anos.

  O informe da USAF afirma que as aeronaves poderão chegar à base tão cedo quanto setembro deste ano, e os primeiros treinamentos com pessoal do Afeganistão estão previstos para início em fevereiro de 2015. O compromisso com a missão de treinamento envolve uma presença limitada na base entre 2014 e 2018. Após o treinamento, todos os 20 aviões deverão ser fornecidos para a Força Aérea Afegã.
  Segundo a USAF, o A-29 é um avião multitarefa que permitirá à Força Aérea Afegã operar com uma capacidade própria de ataque ar-terra e de reconhecimento, apoiando as operações contra insurgência do país. A compra das aeronaves, por parte do Departamento da Força Aérea dos EUA, faz parte do chamado “Combined Security Transition Command-Afghanistan”, e emprega verbas do fundo do Departamento de Defesa para as Forças de Segurança do Afeganistão. Ainda segundo a nota da USAF, o fornecimento dos turboélices A-29 Super Tucano, que fazem parte do programa LAS (Light Air Support – apoio aéreo leve) ampliarão a capacidade da Força Aérea Afegã para prover a defesa de seu governo e cidadãos.

Fonte: Força Aérea dos EUA

Nenhum comentário:

Postar um comentário