quarta-feira, 27 de agosto de 2014

O primeiro voo por instrumentos

´´Jimmy`` Doolitle em um B-25
   Na década de 1920 o laboratório de voo real no aeroporto Mitchel em Long Island (EUA) – criado pela fundação Guggenheim – dedicava-se a pesquisas para aperfeiçoar os sistemas de rádio navegação e instrumentação. O trabalho visava permitir que pilotos fizessem voos à noite ou em mau tempo. Em 1929 o tenente ´´Jimmy`` Doolitle, piloto de ensaios e Ph.D em engenharia, decolou, voou e pousou, utilizando apenas os instrumentos de bordo, sem qualquer outra referência visual. Era o inicio da era do voo por instrumentos, mais conhecido na época como voo cego.

   Cerca de 13 anos mais tarde Doolitle comandou o famoso bombardeio de Tóquio, comandando uma esquadrilha de B-25 que decolou de um porta aviões norte americano, durante a Segunda Guerra Mundial.
Por: Ernesto Klotzel

Nenhum comentário:

Postar um comentário