segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

F-35A da Austrália chega na Base Aérea de Luke nos EUA

   Na última quinta-feira, 18 de dezembro, a Base Aérea de Luke (no Arizona, EUA) recebeu o primeiro caça F-35A da Força Aérea Real Australiana (RAAF), marcando também a chegada do primeiro F-35 de um parceiro internacional do programa naquela base. Outras nove nações, juntamente com os Estados Unidos, treinarão seus pilotos de F-35 em Luke, tanto parceiras do programa como Turquia, Itália, Noruega e Holanda quanto as que adquiriram a aeronave pelo sistema de Vendas Militares ao Estrangeiro (FMS – Foreign Military Sales),  como Japão, Coreia do Sul e Israel.

A aeronave que traz o característico cocar da RAAF, que ostenta um canguru, foi acompanhada do 17º caça F-35A recebido pela base, este com o cocar da USAF (Força Aérea dos EUA), visto na foto abaixo abrindo as portas de seu trem de pouso.
Os treinamentos de pilotos australianos no F-35, em Luke, começarão no ano que vem. A base tradicionalmente abriga pessoal estrangeiro em treinamento, como é o caso de pilotos e mecânicos de F-16 de Cingapura e Taiwan. Os treinamentos dos pilotos australianos no caça de quinta geração serão conduzidos com o 61º Esquadrão de Caça (61st Fighter Squadron) e é esperado para setembro do ano que vem o início das operações de voo de outro esquadrão, o 62º, ao qual se juntarão pilotos da Itália e Noruega.

Fonte: USAF

Nenhum comentário:

Postar um comentário