quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Lockheed Constellation Columbine II poderá voltar a voar nos EUA

     Recentemente houve bastante comentários na internet sobre o possível retorno ao voo do avião de transporte presidencial do Dwight D. Eisenhower, o Lockheed C-121A Constellation conhecido no mundo como Columbine II . As notícias afirmam que à Dynamic Aviation, uma empresa de soluções globais em aeronáutica com sede em Bridgewater, Virginia, está avaliando o Columbine II com a esperança de que eles possa colocar em condição de voo, e potencialmente fazer uma turnê da máquina magnífica no circuito de show aéreo. O site WarbirdsNews entrou em contato com Dynamic Aviation para ter mais detalhes.
A Dynamic Aviation, com mais de 650 funcionários e 140 aeronaves em operação em todo o mundo, tem uma presença significativa no mundo da aviação, mas o seu fundador, Karl Stoltzfus, tem um sentido apurado para a história da aviação também.
Como uma demonstração deste compromisso com a preservação da aviação, um deles é o Douglas C-47 conhecido como Miss Virginia, que restaurou e está em condições de voo intocada em sua base em Bridgewater, Virginia.
A conversa entre WarbirdsNews ( WN ) e Ken Stoltzfus de Dynamic Aviation ( DA ) abrange algumas das informações sobre o projeto no seu estado atual.

WN:  Quem vai fazer a avaliação de estruturas no Columbine II?
DA:   Karl (Karl D. Stoltzfus) está planejando ir em algumas semanas e passar vários dias lá!

WN:  Caso compre O Columbine, quem vai fazer a restauração? Dynamic Aviation?
DA:   Sim!

WN:  O que levou você a querer possuir e pilotar um Connie?
DA:   Karl sou motivado pelo desejo de preservar o avião como um símbolo de valor da América do tempo de Eisenhower, como uma base para passar esses valores para as gerações futuras.

WN:  Se você pode levá-la para configuração totalmente perfeitas de navegabilidade, você consideraria a venda de passeios como a Fundação Collings faz com o seu B-17 e B-24? Certamente tem muitas pessoas interessadas em voar em um avião clássico e ainda mais um presidencial.
DA:   Bem, provavelmente teria de permanecer na Categoria Experimental / Exposição, o que significa que não poderia transportar passageiros só a Tripulação, ele seria aberto em shows aéreos para as pessoas conhecerem por dentro.

WN:  Ficará em Bridgewater, para a restauração total?
DA:   Ele vai estar em exibição em um hangar com, Stearman, T-6G, Beech E-18 e C -47.

WN:  Qual é o seu prazo para voar a Connie para Bridgewater? e a equipe determina que é possível?
DA:   Há muitas variáveis, tais como transportar com os atuais motores e adereços, caso eles fizerem isso, poderia talvez acontecer dentro de um ano, e se não, certamente mais tempo.
Embora visualmente em boas condições, e tendo último voo em 2003, está faltando alguns componentes necessários para voar novamente. Dynamic Aviation irar buscar estes itens, bem como uma série de outras peças para a manutenção do Columbine II para deixar em perfeitas condições de navegabilidade. Matt Lam é a vantagem da Dynamic Aviation neste processo. Dynamic Aviation surgiu com uma lista de itens que eles gostariam de obter.

O sucesso desse esforço depende de muitas pessoas ajudando da maneira que pode, e uma necessidade é a de certas partes. Algumas devem ser obtidas antes de ser tomada uma decisão final para prosseguir com a compra e conservação do Columbine II.
Baixa de uma carenagem - Uma carenagem de motor está faltando e os outros estão fortemente prejudicados, encontrar um (ou recuperar o ausente) é crucial para preservar o Columbine II. Note-se que havia vários estilos de carenagem utilizados em Connies.

Motores -  Enquanto os motores eles são muito antigos, vão precisar de vários Wright R-3350-749C18BD, ou motores R-3350-75 militares para revisão e peças de reposição, Motores com algum tempo restante de vida é o ideal.

Precisam de partes relacionadas do Connie de qualquer lugar do mundo, ou seja, células, motores, hélices e mais, além de informações de contato para pessoas que têm habilidades que serão úteis na restauração do Columbine II para voltar a voar.

Fotos: Ken Stoltzfus / Richard Mallory Allnutt


Fonte:  

Nenhum comentário:

Postar um comentário