terça-feira, 17 de março de 2015

Greve de pilotos força Lufthansa a cancelar 750 voos

   A Força Aérea Brasileira (FAB) vai abrir licitação internacional para revitalização estrutural de nove aeronaves de patrulha marítima P-3 Orion. O Valor apurou que a Embraer Defesa & Segurança, a europeia Airbus Defence & Space e a americana Lockheed Martin, fabricante original dos aviões, estão interessadas em disputar a licitação.

companhia aérea alemã Lufthansa anunciou, nesta terça-feira, o cancelamento de 750 voos previstos para quarta-feira na Alemanha e na Europa, devido a uma greve de pilotos.
"Dos 1.400 voos da companhia Lufthansa inicialmente previstos para quarta-feira, vamos cancelar 750", disse à France Presse um porta-voz do grupo. Cerca de 80 mil passageiros serão afetados pela medida.

Os pilotos da Lufthansa contestam as condições para o fim de carreira e querem manter a possibilidade de passar à pré-aposentadoria aos 55 anos, com 60% do salário.

Será a 12ª paralisação dos pilotos desde abril de 2014. A Lufthansa disse que o custo das greves no ano passado superou 232 milhões de euros. Voos das filiais Germanwings, Swiss e Austrian Airlines não sofrerão alterações.

Fonte: sputniknews

Nenhum comentário:

Postar um comentário