domingo, 7 de junho de 2015

Viracopos abre aeroporto para Spotters

Eternizar em uma foto a emoção do voo, dos prefixos das aeronaves, das cores e desenhos e compartilhar essas experiências com outros apaixonados pela observação aeronáutica.

Assim foi a manhã deste domingo (7), no Aeroporto Internacional de Viracopos, para mais de 220 plane spotters, ou observadores de avião, do Brasil e de diversas parte do mundo, que registraram de uma área próxima a pista dezenas de pousos e decolagens durante o Spotter Day, que contou com apoio da concessionária Aeroportos Brasil Viracopos e da Azul Linhas Aéreas.

Foi a segunda edição realizada em Viracopos, sendo que dessa vez houve um crescimento de mais 100 participantes em relação ao ano passado, informou a concessionária.

O evento é organizado por uma revista de aviação virtual chamada AeroIn, que se propõe há mais de seis anos em popularizar a cultura aeronáutica no Brasil.

Os encontros de observadores já acontecem desde 2006, e o Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, continua entre os principais pontos de observação do grupo.

Homens, mulheres, crianças e famílias inteiras passaram o domingo mais de seis horas olhando para o céu, aguardando o momento certo para o click perfeito. Até às 15h estavam previstos 141 pousos e decolagens que poderiam ser documentados pelos spotters.

De acordo com o editor da AeroIn e um dos organizadores do evento, o auditor Carlos Roman, de 32 anos, o feriado de Corpus Christi é escolhido principalmente pelas condições do tempo, por estar mais frio e o céu geralmente sem nuvens, e para que spotters de outras partes do Brasil e do mundo consigam se locomover com mais tempo.

"Este evento não é feito somente por spotter, mas para as famílias. Recebemos as pessoas que somente observam, fotografam com celulares e outros tipos de câmeras. Não é especializado, mas sim para a família. Precisamos manter isso vivo, é a nossa identidade", disse Roman.

Ainda que 90% dos observadores do evento sejam do Brasil (17 estados e de 70 cidades), havia representantes dos Estados Unidos, Inglaterra, Espanha, Argentina, Paraguai, Peru, Bolívia e Espanha. "Fazendo uma estatística conservadora, calculamos que serão feitas 1 milhão de fotos durante o encontro", acredita o organizador. Esse valor somando as fotos feitas em Viracopos e em Guarulhos, onde o Spotter Day reuniu no sábado também mais de 200 amantes da observação.

"Em São Paulo, o evento foi considerado o maior de fotografia aeronáutico já realizado na América do Sul" , frisou Luiz Alberto Neves, outro entusiasta e membro da AeroIn.

O mineiro Reinaldo Neves, de 54 anos, trabalhou 30 anos na Força Aérea brasileira e é um dos mais assíduos integrante dos encontros já realizados no Brasil. No mundo, participa constantemente de eventos onde vai cobrir através do seu site Asas Metálicas.

"Minha paixão pela aviação começou quando eu tinha 6 anos. Meu pai tinha tuberculose e passou um período internado em um hospital que ficava ao lado do aeroclube em Belo Horizonte, e enquanto aguardava minha mãe eu ficava observado os aviões, e foi ali que me despertou a paixão. A minha primeira fotos foi com uma máquina Olimpus, de um avião Vasp 737", contou Neves.

Já o fotógrafo Touché, de 50 anos, foi pela primeira vez em um encontro de spotters, e gostou da experiência. "É um mundo à parte. Eles são coesos nas suas organizações, e achei bacana, pois nunca tinha feito fotos assim. Mais do que fotógrafos são aficionados pela aviação", disse o fotógrafo que possui estúdio em Campinas e é especializado em imagens de moda e fotografia publicitária.

O ápice do evento foi a decolagem de um cargueiro MD 11, da Lufthansa, que arrancou a vibração dos fotógrafos. "É muita emoção poder registrar um momento desses", disse o apaixonado Carlos Roman.

Foram arrecadados durante os dois dias de evento centenas de brinquedos que serão doados ao Projeto Forças no Esporte (Profesp), da Base Aérea de São Paulo, para crianças de baixa renda.

Durante o evento em Campinas a Azul Linhas Aéreas distribuiu aos participantes os tradicionais snacks (salgadinhos) servidos a bordo de suas aeronaves.

A empresa também ofereceu vouchers de desconto em passagens aéreas para todos os participantes que se cadastraram na evento, bem como miniaturas de suas aeronaves Airbus A330, sorteadas nos dois dias.

EM NÚMEROS

564 movimentos de pouso/decolagem no somatório dos dois aeroportos

1 milhão de fotos tiradas nos dois aeroportos

8 países participaram do evento

17 estados brasileiros e 70 cidades

Fonte: correio.rac.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário