sexta-feira, 3 de julho de 2015

Rússia reforça a Frota do Mar Negro com aviões modernizados

As unidades de aviação da Frota do Mar Negro da Rússia da Defesa Aérea e da Aviação Naval receberam caças e aviões de combate modernizados inclusive caças-bombardeiros multifunção Su-34 e Su-30M2, helicópteros de ataque Mi-28 e helicópteros de guerra eletrônica Mi-8MTPR.

As unidades de aviação da Frota do Mar Negro da Força Aérea da Rússia, da  Defesa Aérea e Naval receberam 10 aviões e helicópteros novos e modernizados, informou o serviço de imprensa militar da Rússia.

Entre o novo material bélico estão os caças bimotor Sukhoi Su-34 de dois assentos. Baseado em Sukhoi Su-27 Flanker o Su-34 foi projetado principalmente para levar a guerra tática contra os alvos terrestres e maritimos.  

Os caças-bombardeiros multifunção Su-30M2 foram projetados para obter superioridade aérea para derrubar aeronaves tripuladas ou não tripuladas (drones) com os mísseis ar-ar de médio e curto alcance atingindo os alvos de superfície e terrestres com todos os tipos de armas. 

As principais características do Su-30M2 incluem um sistema de controle de arma smodificado com capacidades avançadas de derrubar os alvos terrestres e marítimos; um novo cockpit com monitores coloridos com ecrãs de cristais líquidos (LCDs); os sistemas de navegação e comunicação melhorados; um sistema de defesa a bordo moderno; uma ampla gama de armas tipo ar-ar e ar-terra.

Reforçado fuselagem e trem de aterrissagem garantem que o avião pode operar com tanques cheios e a carga máxima com peso de descolagem até 38 toneladas. O sistema de controle de armas de Su-30M2 prevê a detecção, seguimento e destruição de alvos aéreos, terrestres e marítimos com armas do avião em todas as condições meteorológicas. 

O Mi-28 é um helicóptero de ataque antiblindado para todas as condições meteorológicas, dia e noite de dois assentos.

Helicópteros de guerra eletrônica Mi-8MTPR são projetados para ser capazes de detectar e suprimir os sistemas de comando e controlo eletrônicos, bem como os radares de mísseis terra-ar e ar-ar. 

Todas as aeronaves foram testadas pelos serviços técnicos.

Mais de 50 aeronaves novos e modernizados serão transferidos para as unidades da aviação do distrito militar do sul em um futuro próximo.

Fonte: sputniknews

Nenhum comentário:

Postar um comentário