sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Rússia desenvolve drone para achar F-35

A Rússia projeta um avião não tripulado para detectar e destruir aviões furtivos como o caça americano F-35, segundo relatam veículos de imprensa citando um representante do consórcio russo KRET.

O diretor-geral adjunto do consórcio, Vladimir Mikheev, afirmou que o KRET participa do projeto e desenvolve o radar, os sistemas de guerra eletrônica e as estações terrestres de controle.

O drone tem como objetivo “caçar” aviões como o F-22, o F-35 e o B-2, assim como o ambicioso programa chinês Águia Divina, que, segundo Mikheev, é baseado em tecnologias russas e americanas. O drone chinês vem sendo descrito como a maior aeronave não tripulada já projetada.

Em julho do ano passado, foi revelado que a China já testava o Águia Divina, também capaz de localizar aviões de espionagem que custam milhões de dólares ao Pentágono. O F-35, por exemplo, é o caça de quinta geração mais caro da história e desde 2001 já custou YS$ 391 milhões aos EUA, segundo números do Pentágono.

Fonte: sputniknews

Nenhum comentário:

Postar um comentário