quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Forças aéreas do Brasil e da Bolívia terão atividades conjuntas

Programa de Atividades Bilaterais, assinado por ambos os países, prevê atividades aéreas pelos próximos dois anos

A Força Aérea Brasileira (FAB) e a Força Aérea da Bolívia (FABol) fecharam acordo para executar o Programa de Atividades Bilaterais. As nações buscam compartilhar experiências operacionais e conhecimentos técnico-profissionais entre si.

Entre as atividades a serem desenvolvidas pelas forças aéreas dos países pelos próximos dois anos estão assessoramento acadêmico, consultoria logística e curso de prevenção de acidentes aeronáuticos. 

O acordo recebeu aval das forças aéreas boliviana e brasileira em 18 de novembro, na capital da Bolívia, La Paz. Assinaram o documento o vice-chefe do Estado Maior da FAB, Major-Brigadeiro do Ar Mário Luís da Silva Jordão, e o chefe do Estado-Maior da FABol, General de Brigada Aérea Celier Aparício Arispe Rosas.

O programa prevê ainda a terceira edição do exercício "BOLBRA". De acordo com a FAB, a tarefa tem por finalidade treinar a aplicação de medidas de policiamento, de acordo com as normas binacionais, de tráfegos ilícitos que cruzam a fronteira comum dos países.

"Esse acordo representa um fortalecimento dos vínculos de amizade e fraternidade que, historicamente, vêm caracterizando as relações entre as Forças Aéreas do Brasil e da Bolívia", comemorou o adjunto da Seção de Acordos e Intercâmbios Internacionais, Tenente-Coronel Mauro Rogério Gomes Pessanha.

Fonte: Portal Brasil via NOTIMP

Nenhum comentário:

Postar um comentário