terça-feira, 13 de junho de 2017

P-47 Hun Hunter XVI ex FAB e Wickbit Wick vão estar no AirVenture Oshkosh 2017

Foto dos dois P-47 Thunderbolt "Wickbit Wabbit" e "Hun Hunter XVI" em 2012 durante o Thunder Over Michigan Air Show.

            Conforme relatado pela EAA , o Tennessee Museum of Aviation anunciou seu plano de levar o Hun Hunter XVI ex FAB e Wickbit Wabbit para serem apresentados na área de Warbirds esse ano do AirVenture em Oshkosh.

            O P-47D Thunderbolt Hun Hunter XVI pertence a Neal Melton e homenageia Gil O. Wymond. Este P-47 (s/n 44-90460) foi entregue à Força Aérea Brasileira no final da década de 1940 como P-47 4175. Serviu com a  Força Aérea Brasileira (FAB) até ser retirado do serviço no início da década de 1960 e ficou em exibição na base aérea do Recife entre 1970 e 1987. Em 1988, ele foi para os EUA quando comprado pela Airplane Sales International de Santa Monica, CA. Neal Melton comprou em 1996, e após uma restauração de três anos, voou pela primeira vez em 1999.
Hun Hunter XVI pertence a Neal Melton e homenageia Gil O. Wymond com 153 missões de combate, foi creditado a destruição de 3 aeronaves inimigas em combate aéreo mais 2 prováveis, e serviu como Comandante do 65º Esquadrão de Combate de maio de 1943 a maio de 1945, com curtos períodos de licença nos Estados Unidos Estados de julho a setembro de 1943, e maio a junho de 1944. (Foto de Doug Fisher www.warbirddeport.com).

            O P-47D Thunderbolt " Wicked Wabbit " é de propriedade de John Shoffner e também está no Tennessee Museum of Aviation. O P-47 44-90438 (c/n 399-55583) no final da Segunda Guerra Mundial foi vendido pelo governo dos EUA à Força Aérea da Jugoslávia como # 13021. Após o seu serviço, a Força Aérea da Jugoslávia doou para o Museu Aeronáutico iugoslavo em Belgrado. Em 1985, foi vendido para Doug Arnold (Reino Unido), e em 1986 vendeu para John Whittington de Knoxville (Tennessee, EUA). Em 1994, foi vendido para John Shoffner também de Knoxville, TN, que restaurou a aeronave e a deixou em condição de voo novamente. Voltou a voar em 1998 no registro civil N647D.
Wickbit Wabbit , de propriedade de John Shoffner, homenageia James C. Hare. Dos mais de 15.000 produzidos, estima-se que menos de uma dúzia permaneçam voando hoje. (Foto de Doug Fisher - www.warbirddeport.com).

            Thunderbolt é um filme de 1947 dirigido por William Wyler e John Sturges, que documentou as operações aéreas americanas da Operação Strangle na Segunda Guerra Mundial, quando as forças da 12° Força Aérea, com base na Córsega, impediram com sucesso as linhas de abastecimento do eixo para a linha Gustav Line e Anzio. O filme foi gravado originalmente em 16mm por membros da Força Aérea e do Exército. A 12ª Unidade de Câmera de Combate gravou cenas de combate usando câmeras montadas em alguns dos P-47 e um bombardeiro B-25 equipado com câmera para acompanhar os caças.

            Narrado por Robert Lowery e Eugene Kern, com Lloyd Bridges retratando os pensamentos de um dos pilotos, de Thunderbolt! Pretende seguir um esquadrão de Thunderbolt P-47 através de uma missão desde o momento em que eles acordam até seu retorno à base, mas com uma aeronave ausente. Os diretores editaram suas filmagens para recriar uma missão contra um alvo não identificado no norte da Itália, que se assemelha ao de uma missão de 1 de maio de 1944 contra um túnel de ferrovia em Rignano sull'Arno, na Itália, no qual o tenente coronel Gilbert O. Wymond Jr. foi premiado com a Estrela de Prata por destruir um depósito de munição escondido em uma casa perto de Siena e que causou graves danos ao seu P-47 Hun Hunter XIV . Wymond aparece proeminente com seu P-47 em todo o documentário.
            Tanto o "Wickbit Wabbit ", o P-47D Thunderbolt de John Shoffner, como o "Hun Hunter XVI" de Neal Melton, são baseados no museu e voam regularmente em airshows com voo em formação ou podem ser solicitados separadamente para shows aéreos, flybys e filmes.

            O Tennessee Museum of Aviation , localizado em Sevierville, Tennessee é o único lugar nos EUA à para abrigar dois P-47 Thunderbolts em condições de voo. Para mais informações, visite www.tnairmuseum.com.


Artigo publicado originalmente em
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário