quinta-feira, 19 de abril de 2018

Carrefour de l'Air 2018 & 120 anos do Aéroclub de France


Por: Yam Wanders

         Dois eventos em um lugar mítico, o pátio do Musée de l'Air et Espace de Le Bourget, na cidade de mesmo nome que fica nos arredores de Paris, um dos lugares aonde a aviação viu nascer e se desenvolver quase tudo do que conhecemos ao longo dos anos seguintes da sua história. Le Bourget foi o primeiro aeroporto que reunia instalações para uso civil e militar no mesmo campo, como também abrigou a partir de 1919 o primeiro museu aeronáutico do mundo, e, que até hoje é o mais antigo e o que possui uma das coleções mais importantes da aviação. Apesar das polêmicas, os franceses o consideram o primeiro aeroporto do mundo com as devidas instalações  para uso civil comercial, mas oficialmente está como sétimo na lista dos "dez mais antigos do mundo".



Tão raro quanto ver de perto aeronaves que participaram da 2a Guerra Mundial é ver essas aeronaves voando!

         O "campo" de Le Bourget também foi o local aonde grande parte das atividades práticas do Aeroclub de France se desenvolveram quando a atividade aérea teve suas primeiras regulamentações e restrições de realizações à um local adequado e seguro, já que até alguns anos antes de 1919, quem construísse ou comprasse seu avião, poderia decolar/operar de qualquer local que houvesse espaço, tal como muitos, inclusive Santos=Dumont o fizeram muitas vezes, a partir  de espaços públicos em campos e estradas pouco movimentadas.

         Hoje, o Aeroporto de Le Bourget ainda é operacional, sendo destinado ao uso da aviação geral e executiva, e, o prédio que foi a primeira instalação aeroportuária civil de grande porte da Europa hoje é parte do Musée de l'Air et Espace, abrigando a coleção dos primórdios da aviação francesa.

         No evento desse final de semana, realizado nos dias 13,14 e 15 de abril, ocorreram diversos encontros, palestras e apresentações, porém o dia mais movimentado foi o domingo (dia 15) quando ocorreu o "meeting aéreo", com a apresentação de aproximadamente 50 aeronaves diversas entre civis e militares de épocas variadas. O destaque como sempre foi a passagem da pretigiada "Patrouille de France", porém muitas outras aeronaves míticas deram também um belo espetáculo ao público, entre antigos & clássicos e militares de última geração como o Dassault Rafale M da Marine Nationale. Porém infelizmente muitos não puderam  realizar uma performace de apresentação mais digna do evento, devido ao teto muito baixo e nuvens escuras, que prejudicou um pouco o show a partir das 15h mas não impediu a apresentação de todas as que estavam lá para voar.

120 anos do Aéroclub de France e sua importância para a Aviação Brasileira

         A devida importância deve ser dada ao aniversário de uma instituição que é a pioneira mundial da aviação, pois o Aéroclub de France foi o responsável pela formação de muitos aviadores que trouxeram e desenvolveram a aviação civil e militar no Brasil, já que somente em 1911 o Aeroclube do Brasil seria fundado no Rio de Janeiro e mesmo assim ainda sem a suficiênte experiência e quantiade de aeronaves para as atividades de instrução que era necessária na época.

         Mesmo quando o Brasil atigiu a auto-suficiência em meios materiais e humanos para a instrução da aviação civil e militar no começo do século XX até antes da 2a Guerra Mundial, o Aéroclub de France continuou por muitos anos a fornecer apoio às atividades aéreas que ajudaram a desenvolver a aviação de base no Brasil e em muitos outros países da América Latina, pois outras nações como a Inglaterra e USA viam a aviação como uma tecnologia muito inovadora, que deveria ser restrita aos seus interesses estratégicos da época.

         Outra grande importância ao Aéroclub de France é o fato de ser a primeira instituição internacional de grande importância a admitir o Aviador Alberto Santos=Dumont como pioneiro reconhecido da aviação mundial ao efetuar o 1° vôo com uma aeronave seguindo as regras técnicas estabelecidas pela Federação Aeronáutica Internacional, que foi fundada em 1905, seguindo por base as orientações recomendadas do Aéroclub de France.

As aeronaves presentes 

         A organização do evento conseguiu reunir um bom número de aeronaves interessantes para a exposição estática e apresentação dinâmica, com muitos antigos & clássicos que ainda voam em perfeitas condições.

de Havilland Canada DHC-1 Chipmunk (G-AOJR) – Dynamique


Bücker Bü 133 Jungmeister (SP-YBK) – Dynamique

Stampe SV-4 (F-BCGQ) – Dynamique

North American OV-10 Bronco (F-AZKM) – Dynamique

Douglas DC-3 (F-AZTE) – Dynamique

Douglas DC-3 (F-AZOX) – Dynamique

Junkers Ju 52 (F-AZJU) – Dynamique

North American P-51 Mustang (F-AZSB) – Dynamique

Curtiss P 40 N (F-AZKU) – Dynamique

Douglas AD Skyraider (F-AZFN) – Dynamique

Consolidated PBY Catalina (N9767) – Dynamique

BULLDOG Team (F-AZKI / F-AZOG) – Dynamique

Stinson Reliant (F-GPJS) – Dynamique

Artigo originalmente publicado em:

Galeria de imagens diversas:






























































































































































































Nenhum comentário:

Postar um comentário