quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

O C-47 do Yankee Air Museum recebe o nome de “Hairless Joe”

(Foto via Dave Callanan - Yankee Air Museum).

          O Yankee Air Museum revelou o recém restaurado Douglas C-47D Skytrain 44-76716. A aeronave era em metal polido e uma pintura branca do pós-guerra, e tinha o apelido de Yankee Doodle Dandy. No entanto, o C-47D agora usa um esquema de pintura muito mais interessante e representando o Teatro China,Birmânia e Índia, pertencente ao 1º Grupo de Comando Aéreo. Na época de seu lançamento em 29 de junho, a aeronave ainda não havia recebido suas marcações de esquadrão personalizadas. No entanto, em uma mudança dramática, tudo isso mudou na semana passada no EAA AirVenture Oshkosh 2018, quando o museu teve as marcações pintadas à mão na fuselagem.



          A aeronave agora representa o  Joe Calvo, uma aeronave pilotada pelo lendário Lt.Col. Dick Cole do 319º Esquadrão de Tropas no 1º Comando Aéreo. Como tenente, Dick Cole foi o co-piloto de Jimmy Doolittle durante a ousada invasão de abril de 1942 quando 16 bombardeiros B-25B Mitchell se lançaram do convés do porta-aviões USS Hornet para bombardear o continente japonês pela primeira vez. desde o ataque a Pearl Harbor. Após o 'Doolittle Raid', como a missão posteriormente se tornou conhecida, o Cole passou a servir com o 1º Grupo de Comandos Aéreos durante a sua investida na Birmânia. Na grandiosa idade de 103 anos, Dick Cole é o último membro sobrevivente dos Doolittle Raiders, e o Dick Cole estava em Oshkosh para testemunhar o C-47 do Yankee Air Museum sendo marcado em sua homenagem. O Yankee Air Museum divulgou uma declaração sobre esse momento…

Lt.Col. Dick Cole parado embaixo de sua aeronave em Oshkosh. (Foto via Dave Callanan - Yankee Air Museum).

          "Dick Cole é o herói do herói", disse Kevin Walsh, diretor executivo do Yankee Air Museum. “Em 1942, como tenente, Dick Cole foi o co-piloto do tenente-coronel Jimmy Doolittle no ataque ousado em Tóquio, pilotando um bombardeiro B-25 e liderando outros 15 a partir do convés do porta-aviões USS Hornet. Ele recebeu a Distinguished Flying Cross por esta missão e passou a voar muito mais no teatro da guerra.”

          Walsh explicou que o apelido de “Joe Calvo” foi na verdade selecionado pela equipe de Cole e se origina com um personagem da famosa tira em quadrinhos de Li'l Abner da década de 1940. Walsh disse que havia outros tipos de aeronaves chamadas "Hairless Joe" na guerra, incluindo caças P-47 e P-38, além dos bombardeiros pesados ​​B-17 e B-24. Ele diz que este avião vai viver para completar uma nova missão.
A arte do nariz sendo pintada por Kevin “Max” Wisniewski (Foto via Dave Callanan - Yankee Air Museum).

          “Como um museu, temos a responsabilidade de manter a história viva e poder contar a história da CBI, frequentemente chamada de 'O Teatro Esquecido' com este avião, é muito importante”, continuou Walsh. "Também é muito gratificante fazer isso na presença de Dick Cole, o último sobrevivente dos Doolittle Raiders e um gigante entre os homens." Walsh disse que o avião também recebeu insígnias de esquadrão enquanto estava em Oshkosh. A 319ª insígnia da TCS era um grande ponto de interrogação dentro de um círculo que fica no estabilizador vertical da cauda. “O (Esquadrão) nunca soube qual seria a próxima operação especial, então é apropriado que eles adotassem um ponto de interrogação como sua insígnia”disse Walsh. “Quanto a nós, sabemos que nossa missão é levar este grande exemplo de um Douglas C-47 Skytrain para o maior número possível de shows aéreos, e contar a história secreta do Forgotten Theatre.”
Lt.Col. Cole em pé ao lado da cauda de "Jack sem cabelo". (Foto via Dave Callanan - Yankee Air Museum).

          Walsh disse que a nova pintura foi possível graças ao generoso apoio da Kalitta Air. O avião foi transportado para a Kalitta Maintenance em Oscoda, Michigan, em 8 de junho, despojado de sua pintura antiga, completamente inspecionado, preparado e pintado novamente em 29 de junho de 2018. “Com esses últimos retoques, estamos prontos”, disse Walsh, concluindo: "Vamos pilotar o avião por anos a fio honrando a nossa Maior Geração e proporcionando às pessoas passeios de aventura aérea".

Para saber mais sobre um voo com a Yankee Air Museum no Hairless Joe, visite www.yankeeairmuseum.org/fly

Texto base retirado do site!
 Traduzido por Rock & Aircraft.

Nenhum comentário:

Postar um comentário